Skip to main content
W1 Consultoria Financeira 3 de junho de 2022

Descubra como viajar com sua família todo ano!

Casal em avião por possuir padrão de vida alto

A maioria das pessoas adora conhecer novos lugares, seja no exterior ou não! Viajar traz o merecido descanso de quem trabalhou muito e pode desfrutar de novas experiências. 

Entretanto, muitos não conseguem desfrutar de viagens com a frequência que gostariam ou zeram suas reservas para poder conhecer novos lugares. Isso pode mudar através de um bom planejamento financeiro para viajar

Você tem interesse em se planejar financeiramente para viajar com a família todo ano sem zerar suas reservas totais? Continue acompanhando o artigo!

Mulher viajando

Quais são os equívocos mais comuns na hora fazer o planejamento financeiro para viajar?

Para o começar o planejamento financeiro para viajar, é preciso lembrar que existem detalhes (normalmente não revelados) que podem atrapalhar suas viagens. São eles:

1. Não utilizar milhas

Na tentativa de economizar em anuidades de cartão de crédito, muitas pessoas aderem a cartões de bancos digitais que não proporcionam bons programas de milhagem.

Nesse cenário, a economia pode custar caro! Milhas são pontos gerados através dos seus gastos. Esses pontos podem ser vendidos, convertidos em passagens ou pacotes de viagem. 

Neste último caso, você pode pagar sua viagem sem resgatar seus investimentos ou gerar parcelas. Essa é uma forma de economizar através dos seus gastos do cartão uma vez que eles geram pontos.

Mas como saber se um programa de milhas vale a pena?

A resposta é mais simples do que parece. Compare o custo do programa de milhagem (que está normalmente atrelado à anuidade com cartão) com os descontos oferecidos e com a quantidade de dólares ou pontos gerados a cada real gasto.

Se o programa de milhas gerar uma economia maior que o valor da anuidade, vale a pena aderir. Vale ressaltar que existem cartões sem anuidade e com bons programas de milhagem. Você também pode negociar a anuidade e benefícios do programa para obter pacotes mais vantajosos.

consultoria financeira e planejamento financeiro

2. Não monitorar o preço das passagens aéreas

Normalmente, as passagens aéreas representam grande parte dos custos de uma viagem, principalmente quando a viagem é para o exterior.

A melhor forma de economizar nas passagens, mesmo nas de primeira classe, é utilizar sites e aplicativos que façam o monitoramento de preços e enviem alertas quando os mesmos estiverem mais baixos.

O processo é simples: você insere a data de ida e volta, o local de partida e o destino. Após isso, o aplicativo monitora as mudanças de preço constantemente. O próprio Google disponibiliza uma ferramenta gratuita que faz esse monitoramento: o Google Flights.

3. Não definir o destino com antecedência

Quanto mais próximas da data de embarque, mais caras serão as reservas.

Procure definir o destino e a hospedagem entre 4 a 6 meses antes da ida. Dessa forma, você terá mais tempo para monitorar as passagens e preço dos hotéis.

Esse planejamento também é fundamental para escolher em qual estação do ano a viagem será aproveitada e quais passeios valerão a pena.

4. Utilizar sua reserva de emergência para viagens casuais

A menos que você precise viajar em caráter emergencial, não utilize sua reserva de emergência.

Essa prática é extremamente perigosa e ameaça todo o seu planejamento financeiro, pois podem surgir imprevisto potenciais que desequilibrem suas finanças durante ou após a viagem. Sem a quantia adequada nessa reserva, não será possível cobrir imprevistos e evitar dívidas prejudiciais.

5. Se hospedar muito longe dos locais de passeio

O transporte pode encarecer sua viagem caso não seja bem-planejado. 

Procure hospedagem em locais estratégicos. No exterior, caso decida alugar um carro, pesquise preços com antecedência e confira se você está devidamente habilitado para dirigir fora do Brasil. 

Utilizar o transporte público normalmente é uma alternativa mais acessível e pode proporcionar uma experiência mais local. Quanto aos aplicativos de transporte, verifique quais são os autorizados a circular na sua cidade de destino.

Homem com passagens para viajar

Planejamento financeiro para viajar com a família todo ano

Ter um planejamento financeiro para viajar é essencial para garantir uma viagem sem dores de cabeça.

Ao seguir os passos abaixo, você evita problemas desnecessários, garante um descanso mais confortável e uma melhor organização orçamentária. 

1) Estabeleça um orçamento para a viagem

O primeiro passo é entender qual tipo de viagem será feita. Algumas perguntas-chave para definição são:

  • A viagem será para o exterior?
  • Qual o tempo total de duração? Se houver mais de uma cidade ou país no roteiro, quantos dias você ficará em cada um?
  • Quantas pessoas irão viajar?
  • Qual tipo de hospedagem será escolhida (hotel, pousada, resort)?
  • Qual é o custo médio por refeição?
  • Qual tipo de veículo será utilizado para locomoção?
  • Haverão gastos com compras (roupas, smartphones, tablets, computadores, perfume)?
  • E gastos com presentes?
  • Quais passeios serão feitos?
  • Será necessário comprar roupas para a viagem?

Não deixe de impor limites de gastos com compras e não ignore possíveis impostos que podem ser pagos caso os produtos sejam taxados.

2) Escolha a melhor data para viajar

Viajar em alta temporada trará custos adicionais que poderiam ser evitados. Por isso, estude a disponibilidade de viajar em meses alternativos. 

Além disso, considere a estação do ano. Com certeza você não quer chegar em um destino paradisíaco e descobrir que viajou na temporada de chuvas.

3) Organize suas finanças e comece a poupar

Uma vez que você já listou os itens acima, faça a organização do seu fluxo de caixa para entender se o custo da viagem é realista. Defina um valor para poupar mensalmente para esse objetivo específico.

Ter uma reserva estratégica com investimentos que façam seu dinheiro render e possam ser resgatados antes da viagem é fundamental.

4) Contrate um seguro viagem

Ninguém viaja pensando em imprevistos, mas eles acontecem. Comidas e climas diferentes podem gerar problemas de saúde que precisam ser resolvidos imediatamente.

Não dê sorte para o azar. Contrate um bom seguro viagem para que nenhum imprevisto atrapalhe sua diversão e suas finanças.

Pessoas em Paris

5) Se for para o exterior, pense na moeda que irá utilizar

Monitore as variações da moeda que utilizará e pesquise em casa de câmbio as melhores cotações. 

Além disso, defina a melhor forma de levar o dinheiro para viagem (em espécie, cartão pré-pago ou cartão de crédito). Não esqueça dos impostos que podem incidir na modalidade escolhida.

6) Tenha um planejamento financeiro completo para viajar mais

Para conseguir viajar com mais frequência e ter boa saúde financeira, simultaneamente, o planejamento financeiro da viagem precisa estar alinhado a outras áreas da sua vida financeira como, por exemplo:

O planejamento financeiro desenvolvido pela W1 Consultoria Financeira é personalizado de modo que recursos sejam alocados estrategicamente para o alcance de seus objetivos.

Mais de 70 mil clientes já efetuaram planejamento financeiro através de um olhar de profissional da W1! Seja um deles também!

Através dos nossos serviços você tem o acompanhamento de especialistas para atualizar seu planejamento à medida que sua vida mudar. Nossa análise envolve todos os aspectos da sua vida, por isso o atendimento é individualizado.

Não perca tempo e agende um diagnóstico financeiro sem custo com um de nossos especialistas!

consultoria financeira e planejamento financeiro

Author W1 Consultoria Financeira

More posts by W1 Consultoria Financeira

Imagine alcançar a liberdade financeira que você sempre sonhou…

Preencha o formulário para conversar com um consultor financeiro: